Caraguatatuba Conselho Tutelar

Conselho Tutelar de Caraguá pede desculpas pela fiscalização na Igreja

No sábado, agentes do conselho fiscalizaram possível trabalho infantil na Igreja

Por Salim Burihan

Em nota oficial, o Conselho Tutelar de Caraguatatuba pediu desculpas pelo ocorrido no último sábado (9) durante a Festa do Padroeiro Santo Antônio.

Segundo a nota, o órgão teria recebido uma denúncia de trabalho infantil em um evento no centro da cidade, mas na hora de apurar a denúncia, o conselheiro de plantão se dirigiu ao evento errado, causando constrangimento por parte dos organizadores da festa social na Paróquia Santo Antônio.

“Vimos a público pedir desculpas para toda a comunidade católica, ao Padre Beto e aos pais que estavam presentes no evento social”, destacou a nota.

Segundo ainda a nota encaminhada, hoje, ao Tamios News, a intenção do Conselho Tutelar nunca foi e nunca será constranger quem quer que seja, apenas garantir os direitos da criança e do adolescente e respeitando aquilo que está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Caso

No último sábado, fiscais do Conselho Tutelar estiveram na festa de Santo Antônio, realizada no interior da paróquia, para apurar denúncia de trabalho infantil nas barracas da festa.

Os fiscais viram dois jovens em uma barraca de doces e solicitaram a retiradas deles do local.

O padre Beto, pároco da Igreja, criticou duramente a ação do conselho, durante a missa.

Moradores e fiéis da paróquia também se posicionaram contra a fiscalização feita pelo conselho no local. Todas as pessoas que trabalham no evento prestam serviço voluntário e comunitário.

Os jovens vistos no interior da barraca de doces fazem parte dos grupos de catequese e de coroinhas da igreja e estavam acompanhados pelos pais na festa.

 

 

 

1 Comentário

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.