Estradas Notícias

Desvios na Rodovia dos Tamoios têm conclusão prevista só para março

Fotos: Tamoios News

Artesp diz que Concessionária irá adotar medidas para que as obras não interfiram no tráfego durante Temporada

 

Por Leonardo Rodrigues

As obras de duplicação da pista da Rodovia dos Tamoios (SP-99) ainda está longe de terminar. Com o empreendimento, a rodovia apresenta desvios, que com a proximidade das férias escolares e festas de fim de ano, podem significar trânsito e riscos. A Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo) que fiscaliza os contratos de concessão, aponta que a Nova Tamoios deixará de apresentar estes desvios só ano que vem.

Atualmente são três pontos em que há desvios, na altura dos quilômetros 52, 62 e do km 76,8. Segundo a Artesp, a duplicação total do trecho de serra tem conclusão prevista para 2020, mas o trecho inicial (onde está o desvio na altura do km 62) tem conclusão programada para março de 2018. Outro desvio, na altura do km 76,8 requereu obra de melhoria de geometria, mas a promessa é que a previsão para ser finalizada é em novembro deste ano.

A Artesp diz que a resolução dos problemas nos trechos em que há desvios, exigiu a realização de estudos sobre a melhor forma de finalizar as obras. A agência paulista revela ainda que os projetos estão em discussão entre a concessionária, a Artesp e o Poder Concedente. A expectativa é que nos próximos meses os trabalhos sejam acelerados para a finalização da intervenção.

Contudo a Artesp afirma que as obras seguem o cronograma previsto e não há aumento de custos. “Enquanto isso, a concessionária vem trabalhando para garantir a segurança dos usuários e diminuir o impacto na fluidez dos veículos”, diz a agência paulista de transporte.

Sobre a chegada do fim de ano, e com ele o período de férias escolares, festas e a Temporada, onde o fluxo do tráfego aumenta na rodovia com destino ao Litoral Norte, a Artesp diz que a concessionária irá adotar medidas operacionais para que as obras não interfiram no tráfego durante as festas de fim de ano e a temporada, como já vem fazendo nos horários de pico e nos feriados de maneira satisfatória. A reportagem também procurou a Concessionaria Tamoios para mais informações, mas não houve retorno.

Nova Tamoios – A obra chama a atenção e influi na Rodovia, que tem grande volume de tráfego, principalmente nos finais de semana e feriados, já que até o destino final – o Litoral Norte, conta com diversos acessos a condomínios residenciais, áreas comerciais e sítios. Contudo o Governo do Estado está disposto a investir.

Só nas obras entre os municípios de Paraibuna e Caraguatatuba, de 21,6 quilômetros de pistas, estão sendo investidos R$ 2,8 bilhões, nesta que é a principal intervenção prevista no contrato de concessão. Do total do trajeto, 12,6 quilômetros são compostos por túneis, inclusive aquele que é considerado o maior do país, com 5,5 quilômetros de extensão – que será no trecho da Nova Tamoios Contornos, em São Sebastião.

A Artesp, que fiscaliza os contratos de concessão, calcula que 70% do tempo das obras serão ocupados na construção dos túneis. Além dos túneis, será construída uma ponte e aproximadamente 2,3 quilômetros de viadutos. O desconforto com as obras no trajeto da SP-99 já dura anos. Em janeiro de 2014, foi inaugurada a duplicação da Nova Tamoios – Trecho Planalto, entre os km 11,5 e 60,48. Obra considerada complexa, com operações de desmonte de rochas com explosivos, gerando paralisações temporárias de tráfego, já que a rodovia estava em operação.

Velocidade – Usuários que utilizam a Rodovia dos Tamoios com frequência reclamam da velocidade estipulada na via. A estrada conta com diversos radares com limite de velocidades que variam de 60Km/h a 80Km/h. O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior já fez pedido para o governador Geraldo Alckmin, para aumentar o limite de velocidade da rodovia. De acordo com Aguilar Junior, muitas pessoas reclamam, pois, a rodovia está com a velocidade considerada “baixa”, para a qualidade de rodovia.

O prefeito pediu, durante a cerimônia de detonação de rocha em túnel, no dia 28 de agosto, a realização de um estudos para o Estado e para a Concessionária Tamoios sobre a viabilidade técnica para reavaliar o limite de velocidade no trecho Planalto da rodovia.

A insatisfação dos usuários da Rodovia dos Tamoios, principal ligação entre o planalto e o Litoral Norte do Estado, só aumenta já que a SP-99 pode estar com seu limite de velocidade fora dos padrões estabelecidos em lei. Isso porque a estrada, que conta com diversos radares com limite de velocidades que variam de 60Km/h a 80Km/h, teria capacidade para um limite maior de velocidade.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.