Meio Ambiente Ubatuba

Ubatuba vai sediar evento sobre saneamento básico

Palestrantes com experiência no assunto podem transmitir conhecimentos aos ubatubenses e turistas

Por Raell Nunes

A cidade de Ubatuba vai ser sede de um evento que busca explicar a funcionalidade do saneamento básico no município. O acontecimento será no Teatro Municipal, dia 28 deste mês, das 8h30 às 17h.

No evento, haverá palestrantes das principais instituições do Brasil ligadas ao meio ambiente. Todos os interessados estão aptos a participarem, mas é necessário doar 1kg de alimento para ser espectador.

Entre os palestrantes, está o jornalista, formado pela Universidade de Taubaté, Rubens Filho. Além disso, ele é mestrado em sustentabilidade, saúde e meio ambiente pela USP. Também é conferencista e palestrante de eventos de saneamento básico para governos estaduais, municipais, federal e universidades por todo o país.

Eduardo Pacheco, engenheiro sanitarista pela Escola de Engenharia de Mauá, com mais de 34 anos de experiência na área, é outro palestrante importante que pode passar conhecimentos aos munícipes e até mesmo aos turistas que se interessem pela causa ambiental.

A realização do evento ficará por conta da ONG Amigos na Preservação, Proteção e Respeito a Ubatuba (APPRU). Segundo o presidente da instituição, Antonio Augusto de Oliveira Neto, a intenção é difundir cada vez mais esse tema que é o saneamento básico.

“Queremos fomentar o assunto para que a população tenha mais interesse e, com isso, possa cobrar das autoridades e até mesmo ajudar. É importante esse engajamento para os comerciantes também, haja vista que é uma cidade turística”, diz Neto.

Sobre a importância das palestras e a disseminação de conhecimentos relativos ao meio ambiente, Neto declara que é essencial saber a informação correta concernente ao saneamento básico na municipalidade.

Ubatuba

Quando o assunto é saneamento básico a situação de Ubatuba também não é nada confortável. A cidade tem 89.747 moradores.

No município, um dos mais procurados pelos turistas brasileiros e estrangeiros, apenas 39% dos domicílios possui coleta, sendo que, 100% do que é coletado recebe tratamento.

Ubatuba conta atualmente com três ETEs, no Taquaral, Ipiranguinha e Toninhas e uma EPC com, emissário submarino. O prefeito Délcio Sato vive cobrando a Sabesp para que sejam feitos novos investimentos no município.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.