Política

Cobrança de Zona Azul continua em Ubatuba após vereadores acatarem veto do prefeito

Dos sete vereadores que no mês de junho votaram a favor do fim da Zona Azul, apenas dois mantiveram o mesmo posicionamento

Por Raell Nunes, de Ubatuba

 

Os moradores e turistas de Ubatuba deverão continuar pagando para estacionar em locais onde há indicação da Zona Azul. A continuidade da cobrança foi confirmada esta semana, quando os vereadores acataram o veto do prefeito Maurício Moromizato (PT), sobre o projeto de lei que extinguiria a taxa de estacionamento rotativo na cidade.

Dos sete vereadores que em junho votaram a favor da lei que acabaria com a taxa, apenas dois mantiveram o mesmo posicionamento: Reginaldo Fábio de Matos (PMDB) e Flavia Comitte do Nascimento (PSB). 

Com essa decisão do Legislativo, continuará sendo cobrado o valor de R$ 2 por hora para carros que estacionarem em vias públicas nas imediações do Centro e R$ 10 para automóveis, com placas de outras cidades, que pararem nos arredores das praias. 

Segundo representantes da Comtur (Companhia Municipal de Turismo), a Zona Azul gera empregos para muitos munícipes. O fim da cobrança, nesse caso, representaria a perda de emprego de centenas de pessoas. Conforme apontou a companhia, o capital adquirido com a ação é revertido para benfeitorias em Ubatuba.

Entenda o caso

No mês de junho, sete representantes da Casa de Leis aprovaram a proposta que dava fim à cobrança de Zona Azul na região. Foram eles: Claudnei Bastos Xavier (PSDB), Flavia Comitte do Nascimento (PSB), Daniele Alves Soares (DEM), Ivanil Ferretti (PMDB), Eraldo Todão (PSDB), Benedito Julião (PSL) e Reginaldo Fábio de Matos (PMDB).

Na ocasião, Silvio Carlos de Oliveira Brandão (PSDB) e Manuel Marques (PT) se abstiveram. O único a votar contra foi Adão Pereira (PCdoB). À época, a justificativa do projeto de lei dizia que o objetivo da propositura era cortar cobranças injustas. 

Em algumas falas ficou clara a insatisfação de alguns vereadores. O Bibi disse que Ubatuba virou uma fábrica de multas. O presidente da Câmara comentou que até o comércio estava sendo prejudicado com o que considerava de “cobrança indevida e injusta”. Já o petista Manuel Marques falou que em quase todo o Litoral se cobra para estacionar, pois se trata de uma região turística. 

O Legislativo teve que presenciar protestos em sessões ordinárias. Com cartazes e gritos de guerra, funcionários da Comtur não aceitavam de maneira nenhuma a ideia de findar a Zona Azul – fonte de renda dos manifestantes. A Prefeitura, na oportunidade, fez com que o seu jurídico analisasse a situação. Passado esse processo, o Executivo vetou a lei e a cobrança permanece. 

4 Comentários

  • para onde esta indo o dinheiro cobrado nesse assalto legalizado chamado de zona azul? onde esta as melhorias ditas ?continuar por que gera emprego para municipes? que ganha uma esmola e uma cesta basica? isso é intoleravel.. um absurdo

  • onde esta as melhorias citadas? a cidade esta um caos.. isso é um assalto.. uma afronta aos moradores de ubatuba.. pra onde vai tanto dinhero.. ? um absurdo.. ate mesmo guarda municipal aplicando multa.. sendo isso inconstitucional.. absurdo. a populaçao esta sendo estorquida. zona azul é um absurdo..

  • Essa de cobrar zona azul nas prais é uma ideia das mais idiotas que eu já vi. Um cidade que vive exclusivamente de turistas, deveria ser mais inteligente. Os turistas vão até a cidade, gastam bastante dinheiro, e movimentam a economia. Agora, com essa cobrança abusiva e ilegal, muitos deixam de ir até Ubatuba. Se político tivesse cérebro, fariam uma conta simples e descobririam que isso resulta na verdade em queda, e não aumento de arrecadação. Tenho uma casa na cidade, mas toda vez que vou até uma praia com zona azul é uma chateação, de forma que considero até vender essa casa e deixar de frequentar a cidade.

  • Hoje levei uma multa em Ubatuba, por mal sinalizado na praia do Perequê.
    Sempre falei bem de Ubatuba, agora estou odiando. Fui assaltado pelo prefeito, roubalheira sem limites, tal de zona azul.
    Nas regiões das praias de Ubatuba você é obrigado a pagar 20,00 ou 30,00 nos estacionamentos particulares clandestinos ou não.
    Obs. De uma passadinha na praia do Félix e você verá a máfia e a roubalheira que está acontecendo por lá.
    Um absurdo!
    Fora Prefeito!!!
    Bora se mobilizar moradores de Ubatuba, bora protestar!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.