Informe Publicitário

Gabriel Medina deve voltar ao circuito mundial em maio

Reprodução/WLS

Tricampeão mundial de surf não disputou as primeiras etapas do campeonato para cuidar da saúde mental e física

 Uma das principais aposta grátis bet365 para vencer o circuito mundial de surf em 2022, Gabriel Medina pegou os fãs da modalidade de surpresa quando disse que não participaria das primeiras etapas do WSL. Agora, no entanto, o surfista paulista deve retornar à competição. A volta às competições deve acontecer em maio.

O prazo para voltar a competir foi revelado com exclusividade pelo portal UOL. Medina passou os últimos meses trabalhando aspectos mentais e físicos. Apesar da conquista do mundial em 2021, a vida pessoal do atleta passou por momentos turbulentos e ele precisou se desconectar do mundo para encontrar um novo rumo.

Com isso, Medina deve voltar a competir profissionalmente no circuito mundial na etapa de G-Land, na Indonésia. Pessoas próximas ao surfista especularam uma possível volta às águas para a etapa de Portugal, que acontece entre 3 e 13 de março.

No entanto,  Medina ainda não está completamente recuperado, tanto mentalmente quanto fisicamente. Porém, o tricampeão mundial já apresenta melhoras consideráveis, capazes de o fazerem começar a planejar sua volta.

etapa marcada para acontecer na Indonésia está prevista para rolar entre os dias 28 de maio e 6 de junho. É a sexta etapa do campeonato mundial, aquela que inaugura a segunda metade do calendário deste ano.

Na atual temporada, aliás, houve uma mudança de regulamento importante e que pode impactar os planos de Medina. A Liga Mundial de Surfe estipulou que só poderão participar das etapas posteriores a G-Land os 24 melhores surfistas na primeira parte da temporada. No total, são 36 competidores.

Desta forma, para Medina voltar a competir apenas na Indonésia e na sequência da temporada profissional, ele precisará receber um convite da organização da competição, já que não terá somado pontos em nenhuma das etapas anteriores – Sunset, Peniche, Bells Beach e Margaret River.

Aos poucos, Medina tem retomado a vida nas águas após um período afastado. Na semana passada ele publicou um vídeo em suas redes sociais na praia de Maresias, sua casa, com a frase “Feliz em estar de volta na água”.

A ausência das águas por parte do brasileiro aconteceu por vários motivos. Ao longo de 2020, Medina comprou briga com o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) após a entidade não liberar a presença de sua então esposa, a modelo Yasmin Brunet, entre as pessoas de sua comissão técnica.

Em seguida, e também envolvendo Brunet, Medina anunciou o rompimento com sua família, especialmente sua mãe e seu padrasto, que durante muito tempo cuidaram de sua carreira e de seus treinamentos – quando já era, aliás, campeão mundial.

No fim do ano passado, Brunet e Medina decidiram se separar após um ano de casados. A união entre Gabriel e Yasmin aconteceu em cerimônia discreta em viagem do casal ao Havaí para o réveillon de 2021, sem o apoio e o conhecimento da família de Medina.