Justiça São Paulo

Rodoanel: Paulo Preto é condenado a 27 anos

Lava Jato: ex-diretor da Dersa é condenado a 27 anos por cartel no Rodoanel Sul e sistema viário de SP

Na JF/SP, Paulo Viera de Souza também responde a outra ação por desvios de R$ 7 milhões na mesma obra

A 5a Vara Federal Criminal em São Paulo condenou nesta quinta-feira, 28, o ex-diretor da Dersa, Paulo Viera de Souza, a 27 anos e oito dias de prisão pela participação na formação de uma cartel formado por várias construtoras, com o aval de agentes públicos lotados nas empresas Dersa (estadual) e Emurb (municipal) e na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras, para a construção do trecho sul do Rodoanel, obra que conecta as principais rodovias da reigão metropolitana de São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.