Legislativo São Sebastião

Ex-presidente da Câmara de São Sebastião é condenado por usar assessor como motorista particular

Foto: arquivo CMSS

O juiz de São Sebastião Guilherme Kirschner condenou o ex-presidente da Câmara de São Sebastião, Marcos Tenório a perda dos direitos políticos por oito anos, pagamento de multa no valor de três vezes do salário que recebia como vereador.

O juiz ainda determinou a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja eventualmente sócio majoritário, tudo pelo prazo de oito anos; e, o ressarcimento de todos os valores pagos em razão do desvio de função do servidor comissionado, devidamente corrigidos.

O vereador Marcos Tenório foi denunciado pelo MP(Ministério Público) local, acusado de ter  nomeado o servidor Jonas Peixoto com fins políticos. Peixoto foi contratado como assessor político, mas na verdade, segundo o MP, trabalhava como motorista particular do vereador. A decisão do juiz foi dada no dia 28 passado.

De acordo com denúncia do MP, Peixoto era o responsável para transportar eleitores, amigos e familiares do então vereador para diversas cidades. Marcos Tenório não tentou a reeleição em 2016. A reportagem não conseguiu localizar o ex-vereador para que ele se pronunciasse a respeito da decisão judicial.

1 Comentário

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.