Caraguatatuba Cidades Notícias

Atividade Delegada Ambiental aplica mais de R$ 7 mil em multa no mês de novembro

Balanço divulgado nesta terça-feira (7), referente às ações da Atividade Delegada da Polícia Ambiental no mês de novembro, mostra que foram realizadas 81 fiscalizações em conjunto com os fiscais da Prefeitura de Caraguatatuba, sendo 255 pessoas abordadas e 15 veículos vistoriados.

Também foram feitas 18 vistorias ambientais e registrados cinco boletins de ocorrência ambiental, além de executados 13 autos de infração ambiental estadual, sendo sete referentes à degradação ambiental (desmatamento) e seis de crimes contra fauna (caça), resultando em R$ 7.256,60 de multa estadual.

O trabalho da Atividade Delegada Ambiental também resultou na apreensão de um cavalo, por estar em área urbana, o que não é permitido, e com suspeita de maus- tratos. O animal foi encaminhado para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), onde foi avaliado, colhido material para exames e confirmada a documentação pelos proprietários referente ao tratamento e acompanhamento médico veterinário, pois o animal apresentava uma grave lesão no membro anterior. O cavalo foi liberado e agora se encontra em área rural. Também foi apreendida uma armadilha de caça e um veículo recolhido ao pátio.

O convênio da Prefeitura de Caraguatatuba com a Atividade Delegada da Polícia Militar Ambiental foi implantado no mês de setembro e disponibiliza oito policiais ambientais por dia em ações conjuntas com as secretarias municipais.

As principais ações são referentes às áreas de degradações ambientais, de invasão e de parcelamento irregular de solo. A Prefeitura conta com apoio da população para denunciar atividades ilegais, através da Central 156 ou na Polícia Militar Ambiental, no telefone 3886-2200.

Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba