Cidades Legislativo Política São Sebastião

Câmaras Municipais têm gastos extras com sessões por videoconferência

Foto: Reprodução / YouTube

São Sebastião

A Câmara de São Sebastião contratou no início de agosto a empresa “Aloisio Felipe Santos – AFS Video” para realizar o serviço de gravação e transmissão ao vivo das sessões, via internet, por videoconferência. Os vereadores estão participando das sessões de suas próprias casas ou escritórios, e não no prédio do Legislativo Municipal, por causa da pandemia.

Segundo o extrato de dispensa de licitação, disponível no portal da transparência, a transmissão de cada sessão custa R$ 2.500,00. O valor total do contrato é de R$ 50.000, uma vez que foram contratadas 20 transmissões. O prazo de vigência do contrato é de 5 meses.

A Câmara afirma que essas transmissões ocorrerão apenas enquanto perdurar a emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus e poderão ser interrompidas a qualquer momento, assim como o pagamento à empresa.

As sessões ordinárias são realizadas semanalmente às terças-feiras, a partir das 10 da manhã, e podem ser acompanhados no YouTube da Câmara de São Sebastião: https://www.youtube.com/channel/UCsBvIjfIxYMYoljuOjIp1JQ

Caraguatatuba

As sessões da Câmara de Caraguatatuba foram interrompidas em março, por causa da pandemia. No dia 16 de junho, a Câmara voltou a realizar as sessões de terça-feira, às 19h30, mas por meio de videoconferência. As reuniões são transmitidas ao vivo pela internet, através do site: www.camaracaragua.sp.gov.br, pelo Facebook e aplicativo oficial da Câmara Municipal, pelo Youtube e pela rádio Caraguá FM.

O portal Tamoios News solicitou informações sobre os gastos com as sessões online, mas até o momento a Câmara de Caraguatatuba não respondeu.

No portal da Transparência do Legislativo, porém, há menção a um contrato válido por 8 meses com a empresa “Ecotec Soluções Integradas LTDA ME” no valor de R$ 152 mil para implantação do sistema de videoconferência. O documento na íntegra não está disponível e não foi fornecido pela Câmara à reportagem até o fechamento desta matéria.

Ubatuba

Ubatuba optou por continuar com as sessões presencialmente na própria Câmara, mas sem a presença do público. Apenas vereadores e funcionários estão autorizados a comparecer às sessões, que são realizadas semanalmente às terças-feiras, às 19 horas. É possível acompanhar ao vivo no Youtube: https://www.youtube.com/user/CMUbatuba

A Câmara de Ubatuba foi questionada sobre o valor gasto para a transmissão das sessões, mas não respondeu até o fechamento desta matéria. A reportagem não localizou no portal da Transparência contrato em vigência relacionado a este serviço.

Ilhabela

Ilhabela optou por continuar com as sessões presencialmente na própria Câmara. As transmissões são operadas por dois funcionários efetivos, que cuidam da parte técnica. As sessões são realizadas às terças-feiras, às 18 horas, e podem ser acompanhadas ao vivo no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCezWHAsEx0dDpUi-5wgBYgA/featured

*Texto: Renata Takahashi / Tamoios News