Notícias Tipiti

Tipiti – Bastidores do Litoral Norte

Cultura de Ubatuba pede socorro: Além da pandemia que prejudicou e continua prejudicando o setor, 4 pessoas foram exoneradas da Fundart em 2 meses. Segundo informações, 3 mulheres teriam sofrido assédio e uma teria sido vítima de racismo. Esta semana foi a vez do Quequé Peixoto, que foi nomeado como Diretor Cultural e permaneceu no cargo apenas 1 dia. Em um vídeo, ele denuncia ter sofrido assedio moral e explica o suposto motivo de sua exoneração, que seriam publicações que fez contra o presidente e a família Bolsonaro. Uma pena que a Fundart e a Prefeitura não tenham dado ainda nenhuma explicação.


Escândalos intermináveis: Já não bastasse os conflitos conjugais do prefeito Felipe Augusto que faz questão em torna-los públicos, até na missa em Ação de Graças pelos 20 anos de restauro da Igreja matriz de São Sebastião, não perdeu a oportunidade em continuar expondo e se redimindo de seus pecados publicamente. Prefeito, os munícipes estão cansados desses seus arroubos contra tudo e todos, principalmente contra a sua família. Respeito é bom sempre!


Nepotismo em Ubatuba: Ficou para o segundo semestre a votação do Projeto de Lei do Nepotismo em Ubatuba, que tramita a passos lentos. Bom para os parentes de políticos nomeados para cargos públicos e pros vereadores que se pouparam dessa polêmica que ficou na boca do povo durante esse primeiro semestre da gestão da prefeita Flávia.


Churrasco na Praia: Alguns procuradores da Câmara Municipal de São Sebastião deveriam se atualizar sobre alguns pareceres, afinal esse é o vosso único trabalho. O Projeto de Lei n° 117/20, que propunha proibir o uso de churrasqueiras e caixas de som nas praias e praças foi rejeitado, sendo que existe um Decreto Estadual n° 52.388/70 que proibe o uso das praias públicas do Estado de São Paulo para os seguintes fins: a prática de esportes que criem risco ou perturbem os demais usuários, exceto nos locais especialmente delimitados para tal fim, e em horários pré-fixados, estando incluídas entre outras as seguintes modalidades esportivas: futebol, voleibol, tênis de praia, tamborete, “surf” e lutas; a permanência de animais; o trânsito e estacionamento de veículos, exceto em locais especialmente demarcados para tais fins; a aterrisagem de aviões ou helicópteros, salvo em locais previamente fixados pelos órgãos competentes; a instalação de acampamentos, salvo em lugares devidamente reservados para essa prática; o uso de alto-falantes com intensidade de som que ultrapasse os limites fixados em legislação atinente à matéria; o preparo de quaisquer comestíveis; a venda de bebidas alcoólicas.


Procuradores: Continuando, sobre o trabalho dos procuradores da Câmara Municipal de São Sebastião, eles foram contrários ao projeto de lei 43/2021, de autoria do vereador André Pierobon (MDB), que propõe a criação do Conselho Municipal em Defesa dos Direitos dos Animais (CMDDA). Os vereadores derrubaram o parecer dos procuradores e aprovaram a criação do Conselho Municipal. Será que esses “pareceres” estão vinculados a cargos em comissão de algum parente?


Xico Namastê: Não podemos deixar de comentar sobre a repercussão do caso do Felipe Santolia, ex-prefeito da cidade de Esperantina no Piauí, condenado pela Justiça a 12 anos de prisão por desvio de dinheiro público durante sua gestão. Usando uma falsa identidade, ele estava vivendo em Caraguatatuba, onde se apresentava como Antônio de Lima, mas era conhecido mesmo como Xico Namastê, CEO de um aplicativo que reúne empresas locais. Mas, tudo indica que trabalhou no suposto “gabinete do ódio”, na campanha política a prefeito de São Sebastião! Será que os iguais se atraem?