Praias

Três turistas morrem afogados em praias do Litoral Norte

Três turistas morreram afogados em praias do Litoral Norte no fim de semana, segundo o GBmar(Grupamento de Bombeiros Marítimos). O trabalho feito pelos guarda-vidas do Gbmar tem sido fundamental para que seja evitado um número maior de mortes nas praias.

Os guarda-vidas percorrem as praias diariamente orientando os banhistas, ajudando a localizar crianças perdidas e a prevenir acidentes, mas o trabalho deles é fundamental no atendimento aos banhistas em caso de afogamento, quanto mais rápidos são acionados, maiores são as chances de sobrevivência.

Os guarda-vidas são pessoas treinadas e qualificadas para salvamento no mar e prestarem os primeiros socorros às vitimas em caso de afogamento.  A maioria das praias mais frequentadas da região conta com guarda-vidas mantidos pelo Estado, contratados por prefeituras ou sociedade amigos de praias. Frequentar praias com guarda-vidas é muito mais seguro.

Mortes

No sábado(4), um turista, de 32 anos, da cidade de Francisco Morato  (SP), morreu  após cair em uma costeira, em Barra do Sahy  na costa sul de São Sebastião.

Ele estava com amigos na costeira quando uma onda lhe arrastou em direção ao mar. Os guarda-vidas agiram com rapidez, enfrentando o mar agitado e ondas enormes, conseguiram retirar o turista da água e prestaram os primeiros socorros, mas ele morreu devido aos ferimentos sofridos ao cair nas pedras.

Uma imagem chamou a atenção, enquanto guarda-vidas e médicos do Samu tentavam salvar o turista, vários banhistas fizeram uma roda e rezaram pela sobrevivência do turista. Foi emocionante, o trabalho dos guarda-vidas e a reação das pessoas na praia, mas infelizmente, o turista, de 32 anos, não resistiu e morreu.

Uma imagem emocionante: populares rezam enquanto guarda-vidas tentam reanimar turista que caiu na costeira em Barra do Sahy:

 

No domingo, foram registradas duas mortes em praias de Ubatuba. Na praia de Ubatumirim, mais uma ocorrência muito triste, um turista de Brasília, de 42 anos, morreu afogado após salvar o filho.

Na praia do Félix, no final da tarde, um turista, de 26 anos, de Guarulhos, também morreu afogado. Ele foi retirado da água, recebeu os primeiros socorros, mas a situação dele era muito grave. O helicóptero Águia 6, da Polícia Militar, removeu o banhista até a Santa Casa de Ubatuba,  mas ele não teria resistido e morreu.

Salvamento em Juquehy

Várias banhistas foram salvos pela ação rápida dos guarda-vidas do Gbmar. Na praia de Juquehy, duas mulheres foram retiradas da água e receberam atendimento dos guarda-vidas do Gbmar e da Samju(Sociedade Amigos de Juquehy).

O atendimento feito pelos guarda-vidas salvou a vida das duas banhistas, com idades aproximadas de 30 e 40 anos, que apresentavam graus de afogamento 2 e 3. Após serem reanimadas, as turistas ainda em condições precárias de saúde foram levadas para o pronto socorro de Boiçucanga e sobreviveram.

O GBmar recomenda aos turistas que evitem andar, passear ou pescar nas costeiras da região, pois o risco de acidente é muito grande e esses locais não contam com guarda-vidas.

Outra recomendação do GBmar é para os banhistas procurem frequentar praias com guarda-vidas pois é muito mais seguro. Em caso de qualquer acidente ou afogamento o atendimento é muito mais rápido.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: