Litoral Norte Turismo

Estado libera R$ 31,3 milhões aos municípios do Litoral Norte para investimentos em turismo

O Governo do Estado de São Paulo liberou o total de R$ 360 milhões, do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias)  para 70 Estâncias Turísticas de São Paulo.

“Acelerar o ritmo das ações governamentais é um objetivo da gestão Doria. Antes mesmo de completarmos dois meses de governo, propiciamos condições para que nossas cidades possam desenvolver suas ações de turismo e assim beneficiar a população, tanto aquela que trabalha e vive do setor, como aquela que viaja para nossas estâncias em busca de lazer e atividades culturais”, disse  o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

“O Governo está colocando a casa em ordem”, afirmou o secretário de Turismo, Vinicius Lummertz. “Este é o padrão do atual administração: cumprir integralmente o que foi acordado com os prefeitos”, acrescentou.

No último dia 8, as Secretarias de Turismo e Desenvolvimento Regional uniram esforços para viabilizar a retomada de obras conveniadas até 2017 e que tiveram empenhos cancelados. Na mesma reunião, secretários estaduais, prefeitos e representantes de associações do setor também discutiram o Decreto 64.067/2019, que cancelou 176 convênios de infraestrutura turística firmados em 2018, na gestão anterior, sem reserva orçamentária prevista em lei.

Litoral Norte

No Litoral Norte, todas as prefeituras foram beneficiadas. Os repasses haviam sido feitos no ano passado e, suspensos, logo após a posse do governador João Doria, para reavaliação.

O repasse maior foi para São Sebastião, R$ 10,7 milhões. Caraguatatuba recebeu de cerca de R$ 10,3 milhões; Ubatuba, R$ 6,2 milhões e Ilhabela, R$ 4,1 milhões.

A Prefeitura de São Sebastião informa que o município foi contemplado com um repasse do Governo do Estado de mais de R$ 10 milhões para obras vinculadas ao desenvolvimento turístico.
Segundo a Secretaria de Obras o recurso será utilizado na construção de uma imagem de São Sebastião, Santo Padroeiro da cidade, que ficará no Morro onde ficava o Forte, no bairro do Varadouro. A obra poderá ser vista do canal e contará com área de estacionamento e pavimentação para acesso ao monumento.
A Secretaria de Obras também está trabalhando em um projeto para criação do Centro Comunitário e Turístico de Juquehy; da urbanização da Rua Sebastião Romão Cesar, em Maresias, para transformá-la em um boulevard, já que é a rua comercial mais movimentada do bairro; e reurbanização de praças na Praia do Arrastão, na Praia Preta, e no bairro São Francisco, entre outras.  A Prefeitura ressalta que o Governo contingenciou em 46% a verba repassada ao município.
Segundo informou a prefeitura de Caraguatatuba, os recursos são para as obras de revitalização da Praça Diógenes Ribeiro de Lima no Centro, da Praça do Artesanato Antônio Fachini na Martim de Sá, da trilha de acesso e farol do Morro da Prainha, além da reforma e ampliação do píer de pesca do Camaroeiro.

“Os projetos foram aprovados no rigoroso Conselho de Orientação e Controle do Fundo de Melhorias das Estâncias do DADE. As obras são de vital importância para o turismo e geração de emprego da cidade. Agradeço o Governo do Estado, em especial o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, que prontamente nos atendeu e viu a importância que esses projetos têm para a cidade”, explica o prefeito Aguilar Junior.

Ilhabela recebeu mais de R$ 4 milhões. O destino deste recurso será discutido pelo Conselho Municipal do Turismo (Comtur), na próxima reunião prevista para o dia 12 de março.

De acordo com o prefeito Márcio Tenório, a verba deverá fortalecer o turismo, que é a vocação do munícipio. “Precisamos destacar que, com essa parceria do Estado, estamos caminhando em busca de melhorias para um turismo cada vez mais sustentável em Ilhabela”, afirmou.

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, disse que os recursos serão utilizados em investimentos na infraestrutura turística, entre elas, a primeira etapa da reurbanização da orla da Maranduba, na região norte da cidade.

3 Comentários

  • Que ótimo secretário do turismo estas verbas.. FC muito bonito as cidades litorâneas…mas pra quem,se bois turismo estamos sendo prejudicados com estás taxas abusivas,,pra levar nossa excursão,antes Maranduba 200 pra entrar cm 1 van…agora 1200??tem que mudar,achar q turista tá sujando as cidades, quando somos nois que tbm levamos o sustento pra muitos trabalhadores q ali estao vendendo,,,,##fc a dica secretário.ajuda aí

  • Que ótimo secretário do turismo estas verbas.. FC muito bonito as cidades litorâneas…mas pra quem,se noiis turista estamos sendo prejudicados com estás taxas abusivas,,pra levar nossa excursão,antes Maranduba 200 pra entrar cm 1 van…agora 1200??tem que mudar,achar q turista tá sujando as cidades, quando somos nois que tbm levamos o sustento pra muitos trabalhadores q ali estao vendendo,,,,##fc a dica secretário.ajuda aí

  • Estaremos de olhos abertos, para os valores serão aplicados em obras, de Turismo mesmo com retorno ao povo? ou serão desviadosnora cobrir rombos de prefeitos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.